Você está aqui: Página Inicial > Contents > Menu > Programa > Histórico
conteúdo

Histórico

por gustavodacostaalvess publicado 11/02/2020 09h42, última modificação 20/02/2020 12h20

O Programa de Pós-Graduação em Jornalismo foi criado em 2013 na Universidade Federal da Paraíba (UFPB), sendo, portanto, o primeiro Mestrado Profissional em Jornalismo a entrar em funcionamento no Brasil. Possui como principal objetivo formar profissionais capacitados em nível avançado para atuar no exercício das atividades que constituem o trabalho jornalístico, na sua diversidade de domínios, linguagens e modalidades de atuação. O Programa segue, portanto, as concepções que emanam dos princípios que regem a Portaria Normativa Nº 07/2009 do MEC e regulamentação prevista pela CAPES, bem como a missão da UFPB, exposta no Plano de Desenvolvimento Institucional 2014/2018: “a Geração e difusão do conhecimento que possa propiciar o desenvolvimento científico, tecnológico, socioambiental, econômico e cultural por meio de atividades de ensino, pesquisa e extensão, em estreita interação com os poderes públicos, setor produtivo e movimentos sociais de modo a construir uma sociedade mais justa.” A UFPB ainda apresenta como visão: “ser uma universidade comprometida com a excelência acadêmica e com formas gerenciais e organizacionais avançadas e eficazes que possam promover a sua liderança no processo de desenvolvimento científico-tecnológico, socioambiental, econômico e cultural”. (PDI/UFPB, p.30).

 A partir dessa missão e visão de universidade, o Programa de Pós-Graduação em Jornalismo da UFPB é parte orgânica dessa complexidade institucional, visto que se trata de uma modalidade acadêmica que estabelece a interface entre Universidade e campo profissional. O mestrado, a partir de sua estruturação acadêmica, contribui mediante processos de ensino e de pesquisa para a atualização de conhecimentos, a melhoria de capacitação técnica-instrumental e a reflexão crítico-analítico da atividade jornalística na Sociedade. A proposta do Mestrado em Jornalismo está plenamente alinhada à trajetória de crescimento e expansão da UFPB, no que se refere aos cursos de pós-graduação, seja em programas acadêmicos (mestrado, doutorado e pós-doutorado) e profissionais (mestrado). A instituição tem ampliado o seu espaço acadêmico para o desenvolvimento de cursos na modalidade profissional.

 O Mestrado Profissional em Jornalismo foi criado em 2013 no Departamento de Comunicação Social (DECOM) vinculado ao Centro de Comunicação, Turismo e Artes (CCTA), da UFPB. Em 2016, passou a integrar o recém-criado Departamento de Jornalismo (Dejor). O Programa de Pós-Graduação em Jornalismo da UFPB prioriza o desenvolvimento de produtos jornalísticos e de inovação tecnológica, em consonância com sua linha de pesquisa a exemplo de: livro-reportagem, documentário jornalístico, desenvolvimento de softwares aplicados ao jornalismo, produtos aplicados ao radiojornalismo, planos de assessoria de imprensa, reportagens investigativas, perfis biográficos, entre outros. Nesses casos de desenvolvimento de produtos é requerido por parte do mestrando a elaboração de um Relatório reflexivo fundamentando a escolha, detalhando os passos, explicando a metodologia aplicada ao produto e, sobretudo, a necessidade de uma consistente argumentação teórica. O docente-pesquisador do PPJ/UFPB tem um papel fundamental nesse processo de aprofundamento dos temas junto aos mestrandos, orientações quanto às vinculações e amarrações dos projetos de pesquisa associados à área de concentração do Programa. Ressaltamos que a prática profissional de parte significativa dos docentes consolida a proposta de um curso nessa modalidade profissional. Nesse sentido, salientamos a produção técnica em jornais impressos, mídias digitais, sistemas televisivos, desenvolvimento de softwares e produtos jornalísticos  para ambientes multiplataforma, evidenciando o caráter inovador dessa perspectiva de jornalismo aplicado e a relação entre universidade e empresas de comunicação.

 O conjunto dessa produção teórico-aplicada também resulta dos Grupos de Pesquisas vinculados ao PPJ, como: "Midiatização e Processos Sociais", "Telejornalismo: Cultura e Sociedade", "Jornalismo e Mobilidade", "Gênero e Mídia", "Jornalismo, Mídia, Acessibilidade e Cidadania", "Teorias e Metodologias da Produção Jornalística na Mídia Regional", "Comunicação, Cultura e Desenvolvimento", "Design Audiovisual", e "Cultura e Desenvolvimento". Esse entrelaçamento da prática profissional, pesquisa aplicada e pesquisa teórica evidencia a importância da consolidação do Mestrado Profissional, como instância agregadora da reflexão acerca da práxis jornalística com ênfase em contextos regionais. A Universidade Federal da Paraíba é marcada por sua vocação em “construir, produzir ciência e formar profissionais em todas as áreas do conhecimento com qualidade técnica, compromisso social e ético, em razão do desenvolvimento sustentável da Paraíba, do Nordeste e do Brasil.” (PDI/UFPB, p.01). Em sintonia com esses princípios históricos da UFPB e com o Reuni (planos de reestruturação e expansão das Universidades Federais para aumento de vagas), em 2008 um grupo de docentes do Departamento de Comunicação Social (Decom) vinculado ao Centro de Comunicação, Turismo e Artes (CCTA) conduziu o processo de implantação do Programa de Pós-Graduação em Jornalismo, fato efetivado no ano de 2013 Posteriormente, no ano de 2015, professores dedicados especificamente a área do Jornalismo e em consonância com as Novas Diretrizes para os Cursos de Graduação em Jornalismo (MEC, 2013) discutem a reestruturação do Decom/UFPB e a necessidade de um departamento próprio e totalmente identificado com o campo do jornalismo.

 A partir desses diálogos, surge (ainda em 2015) o Departamento de Jornalismo (DEJOR) “[...] a fim de permitir maior racionalidade, novo impulso e consolidar o trabalho didático-pedagógico do curso de graduação e pós-graduação Jornalismo / Mestrado Profissional, por meio de sua adequação administrativa.” (DEJOR, p.05) A concretização do Departamento de Jornalismo, abrangendo de forma sistêmica discentes e docentes dos Cursos de Graduação e do Programa de Pós-Graduação em Jornalismo da UFPB, fortaleceu efetivamente nosso mestrado ao proporcionar, gradualmente, identidade a esta área de conhecimento, estabelecendo as especificidades na elaboração do ensino, pesquisa e extensão do campo jornalístico. Esse breve panorama tem repercussões importantes que refletem no mercado profissional, no qual atuam os jornalistas paraibanos, assim como em toda a região Nordeste. Fundado em 1977, o Curso Graduação em Comunicação Social – habilitação Jornalismo (1977- 2011), hoje Curso de Graduação em Jornalismo (2011-atual) da UFPB já colocou nesse mercado, inúmeras gerações de jornalistas e profissionais da comunicação, que hoje se beneficiam, juntamente com pessoas formadas em outras universidades, com a possibilidade de capacitação e atualização nas suas práticas e processos por meio do curso de Mestrado Profissional em Jornalismo.